ILC Brazil

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Disponível agora: relatório final do VII Fórum Internacional da Longevidade “Os caminhos para o aprendizado ao longo da vida”

VII Forum Internacional Longevidade

O tema central do VII Fórum Internacional da Longevidade é de importância central para nosso mundo que envelhece: “Os caminhos para o aprendizado ao longo da vida”. Nossas vidas cada vez mais longevas em paralelo às transformações tecnológicas incessantes exigem de todos – a nível individual e coletivo – um esforço contínuo. Aprender, aprender, aprender. Aprender a aprender, do início ao final da vida. Do contrário, qual seja a idade, não podemos participar integralmente na sociedade.

Não é mais admissível que a educação termine com uma formatura. A noção de que aprendemos tudo que é necessário aprender nas primeiras duas décadas da vida servia quando o conhecimento era limitado, nossas vidas eram curtas e o impacto de novas tecnologias pequeno. O Fórum nos deu a oportunidade de discutir e principalmente aprender sobre iniciativas e tendências atuais na área de educação que tanto influenciarão nosso futuro individualmente e na sociedade como um todo. Enfatizamos o papel primordial da educação para criarmos maior bem-estar e participação na sociedade, buscando sensibilizar todos os setores: academia, mídia, empresas, governos e o setor não-governamental”, afirmou o gerontólogo Alexandre Kalache, chair do evento, ex-diretor do Departamento de Envelhecimento e Curso de Vida da Organização Mundial da Saúde (OMS), presidente do Centro Internacional de Longevidade (ILC-BR), co-presidente da Aliança Global de ILCs e consultor do Grupo Bradesco Seguros para assuntos relacionados à longevidade.

Nesse contexto, o panorama populacional brasileiro mostra que as pessoas vivem cada vez mais em paralelo ao forte declínio da natalidade nas últimas duas décadas. Daí resulta o rápido envelhecimento populacional. Se hoje os 30 milhões de brasileiros com idade superior a 60 anos representam em torno de 14% da população nos próximos trinta anos teremos 67 milhões, cerca de 30% do total. Estamos diante da Revolução da Longevidade com o aumento contínuo do número de idosos e diminuição progressiva do número de jovens. Portanto, suas implicações impactam a sociedade como um todo.

O documento pode ser baixado nas versões em inglês e português.

O Fórum Internacional da Longevidade

O Centro Internacional de Longevidade do Brasil (ILC-BR), em colaboração com a Bradesco Seguros e a UniverSeg, e patrocínio da MSD, realizou nos dias 13 e 14 de novembro de 2019, no Rio de Janeiro, o VII Fórum Internacional da Longevidade. O evento reuniu especialistas e personalidades nacionais e internacionais, que apresentaram resultados de suas pesquisas, experiências e reflexões para uma plateia formada por gerontólogos, profissionais da área de saúde, estudiosos da longevidade e autoridades públicas de diversas áreas.

Os eventos anteriores foram focados em “Criar uma cultura do cuidado em resposta à revolução da longevidade” (2013); “Gênero e envelhecimento” (2014); “Abordagens amigas do idoso” (2015), “Design e tecnologia amigos do idoso” (2016); “Criar resiliência ao longo do curso de vida” (2017) e “Construir o futuro do envelhecimento” (2018), todos com relatórios produzidos, amplamente divulgados e disponíveis nas nossas Publicações.

Para deixar algum comentário ou tirar uma dúvida clique aqui.