ILC Brazil

Diretoria do ilc-br

A diretoria do ILC-BR é composta por:

  • Alexandre Kalache, Diretor Presidente
  • Karla Cristina Giacomin, Vice-Presidente e Diretora Técnica
  • Michelle Queiroz Coelho, Diretora de Desenvolvimento Institucional
  • Elisa Monteiro, Diretora Administrativa

O núcleo básico (Karla, Michelle e Elisa) atua sob a condução do seu Presidente, Alexandre Kalache. Possuem experiências consolidadas em suas áreas, de tal forma que os profissionais atuam de maneira eficiente e complementar.

Alexandre Kalache

    • Diretor Presidente

Alexandre-Kalache

O médico e gerontólogo Alexandre Kalache é presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil (International Longevity Centre Brazil – ILC-BR), bem como co-diretor da Age Friendly Foundation. É PhD em epidemiologia pela Universidade de Oxford, fundador da Unidade de Epidemiologia do Envelhecimento da Universidade de Londres e criador do primeiro mestrado em Promoção da Saúde da Europa. Além disso, Kalache dirigiu o Departamento de Envelhecimento e Curso de Vida da Organização Mundial da Saúde (OMS). Nesse período concebeu e publicou, em 2002, o Marco Político do Envelhecimento Ativo e, posteriormente a iniciativa Cidades Amigas do Idoso em 2005. Como resultado os dois referenciais são conhecidos e aplicados mundialmente. Para saber mais sobre Alexandre Kalache clique aqui.

Karla Cristina Giacomin

    • Vice-Presidente e Diretora Técnica

Karla Giacomin

Médica, Geriatra titulada pela SBGG. Especialista em Geriatria e Gerontologia pela Universidade Louis Pasteur (Strasbourg). Mestrado em Saúde Públicas pelo Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG. Doutorado em Ciências da Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz – Instituto René Rachou. Professora de Antropologia Médica e de Políticas Públicas para o envelhecimento em curso de pós-graduação. Desenvolve pesquisas nas áreas de Antropologia Médica, Funcionalidade e Cuidado. Integra a equipe de pesquisadores do ELSI-Brasil, Estudo Longitudinal de Saúde da Pessoa Idosa. Atua na coordenação de Atenção à Saúde da Pessoa Idosa de Belo Horizonte. Possui o Know-how e expertise em Sistemas de Saúde Amigáveis do Idoso e é Consultora para organização Mundial de saúde na área de políticas para envelhecimento.

Michelle Queiroz Coelho

    • Diretora de Desenvolvimento Institucional

Michelle Queiroz - Diretoria

Administradora, Pós-Graduada em Gestão Estratégica de Marketing e Mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais; Formação no PDD – Programa de Desenvolvimento de Dirigentes da Fundação Dom Cabral; Sócia e Diretora da Trilha, empresa fundada em 2013, atuando como consultora em projetos na área de sustentabilidade e responsabilidade social com diversas organizações públicas, privadas e não-governamentais. Professora universitária há mais de 17 anos com atuação em diversos programas de pós-graduação e MBA; Como professora associada da Fundação Dom Cabral, além de docente, integra a equipe da Diretoria de Parcerias e coordena o projeto FDC Longevidade. Fundadora e Presidente da Rede Longevidade, uma organização da sociedade civil que promove a educação em longevidade para indivíduos e organizações. Coordena mais de 10 projetos que alcançam milhares de pessoas através de soluções educacionais em longevidade. Possui diversos artigos publicados em congressos e revistas especializadas no Brasil e no exterior.

Elisa Monteiro

    • Diretora Administrativa

Diretoria do ILC-BR

Administradora de empresas, com especialização em Geriatria e Gerontologia pela UERJ, duas décadas de trabalho no setor privado, na gestão de recursos humanos, de processos administrativos e de produção, dessa maneira aplica esse conhecimento hoje na área do envelhecimento. Trabalhou em Indústria e foi responsável pelo redesenho dos processos de produção, gestão administrativa e financeira. Posteriormente, na Petrobras atuou como responsável por projetos de remapeamento de processos, administração de recursos humanos, apuração e divulgação dos indicadores de gestão, organização e condução de reuniões de avaliação e controle; adequação da força de trabalho, gestão do desempenho, planejamento de custo de pessoal e frequência, entre outros.