ILC Brazil

Cuidado continuado para idosos é tabu e ferida aberta no Brasil

“É certo que todos desejamos envelhecer de forma ativa. A questão é que ninguém está livre de precisar de cuidados continuados, inclusive aqueles oferecidos em residência para idosos”.
Dra. Karla Giacomin, geriatra, professora da UFMG e Vice- Presidente do ILC-BR, na coluna desta semana para seção “Como chegar bem aos 100” da Folha de São Paulo fala de cuidados continuados e do tabu que existe no Brasil acerca desse assunto.

Leia na integra aqui.